sexta-feira, 21 de julho de 2017

Vandroya: Estreando nova formação no Araraquara Rock



Por Vitor Franceschini
Fotos: Manu Saggioro

Pouco mais de dez horas antes da apresentação no Araraquara Rock, no dia 14 de julho último, a banda Vandroya postava em sua página oficial do Facebook a saída de dois integrantes, sendo eles os guitarristas Marco Lambert e Rodolfo Pagotto. A notícia deixava os fãs apreensivos, até porque no texto, inicialmente, foi dada a baixa e aos fãs menos pacientes coube a impressão de que a banda viria remendada (ou talvez até cancelasse) sua apresentação no tão renomado festival. Porém, neste mesmo texto, Sergio Pusep (Soulspell) e Gustavo Oseliero, ambos guitarristas, eram anunciados como novos integrantes. Estreando a nova formação, completada por Daísa Munhoz (vocal), Giovanni Perlati (baixo) e Otávio Nuñez (bateria), a banda subiu ao palco do Teatro de Arena em Araraquara para encantar quem já os conhecia e aqueles que a viam pela primeira vez. Para a plateia um show maravilhoso, com um repertório abrangendo suas já tradicionais canções e músicas do novo álbum “Beyond the Human Mind”, lançado em abril último. Para a banda, que recebeu a nossa reportagem nos camarins após a apresentação, um alívio e sensação de dever cumprido, além da revelação de que, principalmente os veteranos de grupo, estavam apreensivos. Daísa, Otávio, Giovanni e Gustavo conversaram quinze minutos com o ARTE METAL e, num bate-papo descontraído e bem amigável, falaram sobre o novo trabalho, a nova formação e claro, sobre o show no Araraquara Rock 2017.

O que o novo trabalho, “Beyond the Human Mind”, trouxe de novo para a sonoridade da Vandroya e o que ele manteve como característica da banda?
Daísa Munhoz: É um disco de Power Metal essencialmente. Mas ele também está mais Prog Metal do que “One” (2013) e isso deixa as músicas um pouco mais tecnicamente difíceis, os arranjos estão mais sofisticados, além de ser um disco mais maduro.
Giovanni Perlati: A gente conseguiu manter a essência do “One”, mas a gente trouxe, inclusive nas afinações, uma produção que deixasse o trabalho mais pesado e ao mesmo tempo com arranjos mais complexos em relação ao “One”. Essencialmente foram essas as alterações em relação ao primeiro disco.
Otávio Nuñez: O que há de mais interessante neste álbum é que o instrumental está mais pesado, mas a timbragem está mais limpa. Então é legal porque você consegue pegar mais os detalhes, os arranjos, algumas delicadezas, ou seja, algumas belezas que o peso esconde.



O disco foi lançado no exterior?
Daísa: O disco foi lançado lá fora na Europa, na América do Norte e no Japão. No Japão é uma parceria do selo sueco Inner Wound Recordings com o selo Bickee Music. A distribuição do disco no Brasil fica com a gente e agora que a gente conseguiu prensar o disco, ele será lançado fisicamente no dia 5 de agosto que a gente faz um show em São Paulo.

E como se deu essa oportunidade em fechar com um selo lá fora e como é trabalhar com isso?
Daísa: Na verdade essa gravadora se interessou inicialmente pelo Soulspell (N.E.: Metal Opera do músico brasileiro Heleno Vale, em que Daísa é integrante), então eles conhecerem o trabalho da Vandroya através do meu trabalho no Soulspell. Eles viram o vídeo que a gente postou gravando a música Why Should We Say Goodbye? (do primeiro disco, “One”), se interessaram e vieram falar com a gente. Foi muita sorte na verdade, porque não é fácil para as pequenas bandas como a Vandroya conseguir uma distribuição no exterior sem ter que investir. Porque o legal das gravadoras no exterior é que elas realmente investem na banda, então não fica aquela historinha de que: “ah, vocês têm que me dar tanto”, sabe como é? E foi muito legal isso, foi uma oportunidade que abriu muitas portas pra banda, que se tornou visível lá fora e aqui no Brasil, foi sensacional pra gente.
Giovanni: A oportunidade da Vandroya lançar material lá fora é uma experiência muito legal, além disso ser uma dificuldade muito grande para as bandas, de conseguir exportar seu material. A gente conseguir fazer isso é incrível e também o feedback do público do exterior, tanto para o primeiro disco, quanto para o que já podemos sentir no novo disco é muito bom. As pessoas realmente acompanham e pra gente tem sido gratificante. É o grande retorno de se ter uma gravadora no exterior.
Daísa: O mais legal dessa história também, é que a internet possibilita que o mundo inteiro ouça seu disco, mas o legal é que ter uma gravadora na ‘gringa’ é a divulgação que a gravadora faz do seu trabalho. Então, através de sites especializados, revistas e toda mídia, eles estarão em cima divulgando. São coisas que a internet sozinha não consegue fazer, mesmo tendo todas suas músicas lá e todo acesso. É uma gravadora pequena, assim como a gente, mas isso tem sido um estrondo pra gente.



A banda passou por mudança de integrantes, com a saída dos guitarristas Marco Lambert e Rodolfo Pagotto. Entraram Gustavo Oseliero e Sérgio Pusep (Soulspell). O que aconteceu?
Daísa: Aconteceu de forma natural, era desejo deles saírem. O Rodolfo, por exemplo, já tinha um tempinho que ele estava em dúvida, mas a gente estava no meio do processo de gravação... A gente falou, “vamos gravar, vamos lançar e depois a gente conversa”. E quando eles resolveram sair, a gente colocou um pouco o pé atrás e ficou em dúvida em continuar. A gente não sabia, era meio incerto e a gente soltou até uma nota hoje no Facebook (N.E.: entrevista cedida no dia 14 de julho) pra falar sobre isso – é o primeiro dia que falamos sobre isso. A gente não sabia se prensava o disco, não sabia se continuava o plano de marketing, se continuava atrás de shows... Então ficamos quietos por um bom período, até que os shows começaram a aparecer. Então o Araraquara Rock ligou pra gente, o Brasil Metal Union do Richard Navarro entrou em contato, entre outras parcerias, incluindo bandas propondo turnês conjuntas. A gente pensou: “E agora?”, agora que vai ou racha (risos), e a gente já tinha uma lista de músicos, afinal temos muitos amigos, então na verdade não ia ser muito difícil arrumar um guitarrista e as escolhas não poderiam ser melhores. Eu pensei no Sergio a princípio porque eu já trabalho com ele no Soulspell há dois anos, ele é um cara sensacional, ele compõe muito bem e a gente precisa de pessoas que vão contribuir com a composição, conheço as composições dele, sei que casa com que a gente gosta na Vandroya, então não fica destoando do que a gente vem fazendo como som. Então o Sergio veio na minha cabeça rápido, inclusive por indicação do próprio Heleno (baterista e mentor da Soulspell), e os meninos é que foram fazer o convite pro Gustavo, que se conhecem há muitos anos.
Giovanni: O Gustavo é amigo nosso desde 2005, 2004... Eu conheço ele há muito tempo, ele é amigo pessoal e a gente teve várias composições juntos há 15 anos, inclusive nós tínhamos uma banda juntos. O legal dele é que ele também, assim como o Sergio, é compositor e tem um gosto musical parecido com o qual a gente trabalha na Vandroya e casou muito bem. A gente substituiu os guitarristas, mas conseguiu manter essa questão da qualidade, da técnica e também agora a gente vai conseguir fazer alguns experimentos porque os dois são guitarristas que compõem.
Otávio: Quando a gente estava em dúvida em continuar, a Inner Wound Recordings nos deu uma grande força. A gente não tinha prensado o CD ainda lá fora e o responsável pelo selo nos disse que era mais comum do que imaginávamos, nos deu total apoio, e isso foi um baita empurrão, até porque a gente tava com um trabalho em mãos, que a gente acredita muito. Então a gente falou: “Meu, temos que fazer essa turnê”. 



A banda acaba de se apresentar no Araraquara Rock e já com a nova formação. Pelo menos pra gente, que estava na plateia, a apresentação foi ótima e pra vocês? E qual o balanço final do Araraquara Rock?
Daísa: Ah, que bom! (risos)
Giovanni: Acho que é bom ressaltar, que primeiro assim, ter uma cidade que trabalha a questão cultural, que tem uma cena legal é muito difícil de achar hoje em dia. Principalmente para as bandas que tem trabalho autoral de Heavy Metal no Brasil, tem toda uma estrada e ter uma cidade que abraça isso e dá oportunidade... pra gente é ainda mais animador, porque a gente vêm de perto, somos de cidades vizinhas. Então quando surgiu o convite a gente ficou muito feliz, a gente sabe do gabarito que tem esse evento, sabe da qualidade e da produção que tem. Mas ao mesmo tempo foi desafiador, afinal desde quando entraram os dois guitarristas foi uma correria, mas foi uma correria prazerosa, até porque pudemos nos entrosar nesse pequeno espaço de tempo, fazer os ensaios que precisávamos pra chegar aqui hoje afiados.
Daísa: A gente fez o convite pra eles agora no meio de junho, então está fazendo um mês que a gente está com esta formação e é aquela correria pra tentar marcar ensaios, e foi difícil, a gente fez poucos ensaios.
Gustavo Oseliero: Acho que a questão do entrosamento é bem interessante, porque quando eu entrei no Vandroya, nos primeiros ensaios, como eu toquei com o Otávio e com o Giovanni lá atrás, foi como se voltasse aquele entrosamento que a gente tinha, a gente ensaiava muito na época. E também eu acompanho a banda desde o início, quando o Vandroya ainda tinha outros integrantes e eu ia em shows, acompanhava, etc. Foi muito legal, muito prazeroso e foi fácil esse começo. Eu acho que o show hoje foi muito bom, foi muito produtivo, a adrenalina tava ali, até porque estou voltando ao Heavy Metal, vim do Hard Rock, mas não vejo muita diferença entre os estilos. Tem a questão mais técnica, de presença de palco, a gente fica mais preso, mas acho que o show fluiu bem, por ser o primeiro, e vamos para os próximos.

E agora, além de divulgar o novo álbum, quais são os planos da banda para esse segundo semestre de 2017?
Daísa: A gente vai gravar alguns videoclipes. Pelo menos um a gente tá certo de que gravaremos, até porque estamos com algumas ideias que a gente não sabe se sai do papel. Depende de muitas coisas, você sabe disso, você tá no role do Heavy Metal, você sabe como as bandas apanham pra fazer a coisa acontecer... Mas pelo menos um videoclipe a gente vai gravar com essa formação, logo, deve sair um pouquinho depois da prensagem do novo disco. E fazer a maior quantidade de shows que a gente conseguir, até porque no “One” a gente não conseguiu fazer muitos shows, esbarramos em vários problemas. A gente aprendeu com os erros daquela turnê e a gente está com muito mais contatos agora, sendo que a batalha no momento é por shows no Brasil. A gente pretende sair do país, mas agora queremos tocar por aqui, sair do estado, que a Vandroya ainda não tocou fora do estado. Então essa é a prioridade agora.


quinta-feira, 20 de julho de 2017

Havok – “Conformicide”



(2017 – Nacional)
                                
Shinigami Records

O Havok ainda pode ser considerado uma banda jovem, já que surgiu em 2004 e seu debut, “Burn”, saiu no não tão distante ano de 2009. Mesma época em que o Thrash Metal retomou a ponta do iceberg chamado Metal de assalto e nos brindou com milhares de bandas por todo globo terrestre. Por isso, de início, o grupo soou um tanto quanto mais do mesmo, porém jamais ruim.

Mas, o Havok soube que o diferencial é não se manter na zona de conforto e foi se arriscando à medida em que seu som foi se moldando e criando certa propriedade. Isso pode ser confirmado neste quarto trabalho, que traz um resultado mais sólido do que a banda foi buscando gradualmente durante seus lançamentos.

Claro que além de suas próprias características, a banda traz influências (e são várias), afinal de contas deve ser impossível soar completamente orignial hoje em dia no Thrash Metal. Isto porque o estilo talvez seja o que mais se difundiu, se transformou e até criou vertentes dentro de si mesmo.

Portanto, notamos influências desde Megadeth (fase “Rust In Peace”), Exodus e Kreator na sonoridade da banda, que ainda injeta uma nada usual mescla de Crossover com Prog Metal nas composições de “Conformicide”. O resultado? Indigesto num primeiro momento, mas depois vai que vai e se torna viciante.

Guitarras bem timbradas, viradas estrategicamente bem construídas, solos com melodias na dose certa, um baixo que se desprende do tradicional e a inclusão de um ‘groove’ bem encaixado em algumas partes, além de interlúdios bem sacados, dão à tônica do disco. E que estreia do baixista Nick Schendzielos (Job For a Cowboy).

O trabalho ainda conta com uma produção que beira a perfeição, com uma timbragem gostosa de ouvir, equilíbrio e que soa orgânica mesmo sendo atual, mostrando que isso é possível. Mérito de Steve Evetts (Symphony X, Sepultura) que produziu e mixou o disco, sendo que a masterização foi de Alan Douches.

Por fim, as doze faixas contidas (incluindo aí um interessante cover do Pantera e mais dois bônus) praticamente se completam, fazendo da audição de “Conformicide” plenamente prazerosa. Imaginar que num primeiro momento o disco parecia bem chato... Por fim, é sair (e muito) no lucro, pois é um baita trabalho!


8,5

Vitor Franceschini

Arte News: RAPALJE chega ao Brasil para inédita turnê de folk



RAPALJE chega ao Brasil para inédita turnê de folk

Banda da Holanda é a principal atração do Odin's Krieger Fest, que começa nesta sexta-feira, 21

Tudo pronto para mais uma edição do Odin's Krieger Fest, que este ano promove a inédita turnê da banda de folk Rapalje, direto da Holanda. O quinteto já se encontra no Brasil e o primeiro compromisso oficial é na capital paulista, São Paulo, em um banquete medieval promovido pela OKF Produções em parceria da Vorus Vodka no restaurante temático Taverna Medieval, também com a participação de cinco fãs vencedores da promoção que os leva ao evento. 

A estreia em palcos brasileiros acontece na sexta-feira, 21, na edição do Odin's Krieger Fest de Belo Horizonte. O evento acontece a partir das 19 horas, no Music Hall (avenida do Contorno, 3239) e além do Rapalje, se apresentam as bandas nacionais Terra Celta, Hagbard e Galwem. A luta medieval fica por conta do grupo HMB (Historical Medieval Battle), com combates reais entre guerreiros que usam armaduras de aço. 

Curitiba é o destino seguinte do Odin's Krieger Fest e do Rapalje no sábado do dia 22, que a partir das 18 horas invadem o Jokers Pub (rua São Francisco, 164) com toda a parafernália da cultura medieval. Atuam em palco também as bandas brasileiras de folk e folk metal Tuatha de Danann, Hugin Munin (que utilizará imagens do evento para um futuro DVD) e Mandala Folk. a batalha é responsabilidade do clã Skjaldborg, que divulga o Combate Viking desde 2013.Com ordem pedagógica de técnicas e sistema próprio de graduação, a arte do clã é inspirada nos guerreiros vikings.

Finalmente em São Paulo, dia 23 de julho, o Tropical Butantã (avenida Valdemar Ferreira, 93) recebe um megaevento, que promete ser uma das mais emblemáticas edições da história do Odin's Krieger Fest. Neste domingo, os holandeses do Rapalje terão a companhia das brasileiras Tuatha de Danann, Hugin Munin, Confraria da Costa e Hagbard.  Na luta, o grupo de combates medievais Ordo Draconis Belli, formado por guerreiros e escudeiros, apresentarão a cultura medieval e o esporte da luta de armadura (Combate Medieval de Armadura). 

Bebidas típicas (como o hidromel), exposição de produtos deste universo compõem o festival. 

O Odin’s Krieger Fest é uma realização da OKF Produções com patrocínio da Vorus Vodka.


SERVIÇOS

BELO HORIZONTE
Data: 21/07 (sexta-feira),  às 19 horas
Local: Music Hall (avenida do Contorno, 3239 - Santa Efigênia)
Bandas: Rapalje (Holanda) - Terra Celta - Hagbard - Galwem
Lutas nórdicas, hidromel, exposição e vendas de produtos medievais e muito mais!

CURITIBA
Data: 22/07 (sábado), das 18 às 2 horas
Local: Jokers PUB (rua São Francisco, 164 - Centro)
Bandas: Rapalje (Holanda) - Tuatha de Danann - Hugin Munin - Mandala Folk
Lutas nórdicas, hidromel, exposição e vendas de produtos medievais e muito mais!

SÃO PAULO
Data: 23/07 (domingo), das 14 às 23 horas
Local: Tropical Butantã (avenida Valdemar Ferreira, 93 - Ao lado do metro Butantã) 
Bandas: Rapalje (Holanda) - Tuatha de Danann - Hugin Munin - Confraria da Costa - Hagbard
Lutas nórdicas, hidromel, exposição e vendas de produtos medievais e muito mais!


REVOLTED: anunciado no festival Goiânia Noise
Um dos nomes mais queridos da atual geração do Metal goiano, a banda anapolina REVOLTED está confirmada na nova edição, vigésima-terceira, de uma dos mais tradicionais festivais do estado de Goiás e do Brasil: Goiânia Noise Fest.

Este ano o evento acontece nos dias 18, 19 e 20 de agosto e tem como atrações confirmadas nomes como Project 46, Raimundos, Cólera, Camisa de Vênus e muitos outros. O REVOLTED toca no sábado dia 19.

Mais informações sobre o evento podem ser conferidas pelo link: https://www.facebook.com/events/142852356259207/

O REVOLTED prepara o lançamento de seu novo trabalho, o EP ‘Revoltada, Sangue e Ódio – Parte I’ e acaba de lançar duas músicas para audição.

Um clipe para a faixa ‘Gosto do Veneno’ pode ser conferido aqui:


A música ‘Em Nome do Ódio’, que conta com a participação do vocalista da banda WORST, Thiago Monstrinho, ganhou um lyric video:


‘Revolta, Sangue e Ódio – Parte I’ foi gravado no Estúdio Sete, com mixagem e masterização por Vitor Mancini. A capa é uma arte de Raphael Rodrigues (Periphery). O material conta com quatro faixas e está previsto para ser lançado em agosto apenas em formato digital. O novo EP marca uma nova fase do REVOLTED, com letras em português.


Sites relacionados:


MORTIFER RAGE: nova camiseta já está à venda
A nova estampa, baseada na arte de ‘Fall Of Gods’, do MORTIFER RAGE já está disponível para venda.

O material está à venda em vários tamanhos diretamente com a banda por e-mail e Facebook. Basta entrar em contato, envio para todo o Brasil.

Já está à venda também seu mais novo disco, ‘Fall Of Gods’. Este é o terceiro álbum completo da carreira do grupo e está sendo lançado em parceria com o selo Impaled Records. Assim como a camiseta e outros materiais oficiais do MORTIFER RAGE, ele pode ser comprado diretamente com a banda.

O material conta com doze faixas, foi gravado no estúdio Maçonaria do Áudio e produzido por André Damien. A arte da capa foi feita por Marlon Lima, da Darkness Art, e o encarte ficou nas mãos de Marco Tulio Alves. Confira o tracklist:

01 – Intro
02 – Ethnocentrims
03 – Religious Necrosis
04 – The Hammer
05 – Immolation
06 – Tunisian Storm (Instrumental)
07 – No Masters, No God
08 – Doctrines of Death
09 – Hate, my Offer
10 – Redeption Blade
11 – Genocide of Minds
12 – Sword and Blood

O MORTIFER RAGE disponibilizou amostras de todas as faixas do trabalho, confira pelo link:



Links relacionados:


TRANSCENDENT: videoclipe para a música ‘Second Breath’ está disponível, assista!
Seguindo na divulgação de seu novo álbum, ‘Awakening’, o TRANSCENDENT apresenta seu primeiro videoclipe oficial.

A música escolhida é ‘Second Breath’. “Escolhemos esta música porque acreditamos que seja a que mais define o estilo da banda, alternando a agressividade presente em todo o álbum com partes melódicas e um ótimo solo de guitarra.” Comenta o vocalista Leandro Baracho.

O trabalho, tanto de capitação de imagens e edição, ficaram nas mãos de Paula Andrade Alvares. Paula, juntamente com a banda dirigiram o clipe, assista:


‘Awakening’ já pode ser adquirido diretamente com o TRANSCENDENT. Gravado no estúdio PSP e produzido por Tiago Pollon, o álbum reflete o objetivo do conjunto ao levar o ouvinte a uma jornada de sentimentos aflorados por letras que abordam temas como a alienação social, distúrbios da mente, amor e autoconhecimento, em um ambiente sonoro que transita entre a serenidade e o caos.

Destaque também para a masterização feita pelo lendário produtor Andy Vandette, que já trabalhou com bandas como Rush, Deep Purple e Tool.


Sites Relacionados:


ARMORED DAWN: tracklist e teasers de ‘Barbarians in Black’ são apresentados!
Trabalhando pesado na finalização de seu Segundo disco, ‘Barbarians In Black’, o ARMORED DAWN apresenta o tracklist e alguns teasers do material.

Serão ao todo dez faixas, confira o tracklist e comentários sobre cada uma delas. Algumas também ganharam teasers!

‘Beware of The Dragon’ - Uma das faixas mais fortes do álbum que define bem o estilo da banda com orquestrações e grandes riffs de guitarra. Teasers:

‘Bloodstone’ - Faixa nos moldes mais modernos com Refrão bem marcante. Teaser:

‘Men of Odin’ - Faixa mais cadenciada, com temas épicos – mas não é balada (risos).

‘Chance to Live Again’ - Talvez a música mais Power Metal do álbum, com um toque de progressivo.

‘Unbreakable’ - Mais uma faixa com grandes melodias, mesclando com riffs rápidos mais pesados.

‘Eyes Behind The Crow’ - Música com influência mais oitentista, com grandes riffs de guitarra. Teaser:

‘Sail Away’ - Balada com um dos refrãos mais marcantes do álbum. Este é o primeiro single lançado do disco e já disponível nas plataformas digitais:

‘Gods Of Metal’ - Faixa mais pesada do álbum, com grande influência do heavy tradicional.

‘Survivor’ - Música mais Hard com refrão bem melodioso.

‘Barbarians In Black’ - A faixa título do álbum é outra música forte com riffs de guitarra mais thrash. Teaser:

‘Barbarians In Black’ é o sucessor do aclamado ‘Power Of Warrior’. O disco está mais pesado e com muitos riffs e melodias oitentistas, além de trazer a temática Viking, desta vez em todas as músicas.

A produção está nas mãos de Bruno Agra (We are Harlot) e do americano Kato Kandwala (The Pretty Reckless, Papa Roach), além da masterização do também americano Ted Jensen. A capa é uma arte do brasileiro João Duarte.

O lançamento de ‘Barbarians In Black’ está previsto para outubro/novembro deste ano.


Sites relacionados:


PROTOSEQUENCE: lançando novo videoclipe para o single 'Parasitic'
Retirando influências de bandas como All Shall Perish, August Burns Red e The Black Dahlia Murder, PROTOSEQUENCE cria suas músicas em tecnicismo ao mesmo tempo em que acentua os vocais emocionais e, no entanto, agressivos, em todas as faixas. A banda transita perfeitamente através de riffs djent, elementos de groove e bateria violenta, tornando o seu som versátil e sempre em mudança.

Voltando com seu novo single e video 'Parasitic' retirado do seu próximo EP 'Biophagous', sucessor do debut de 2016 'Schizophrene', o quinteto juntou-se ao site TheCirclePit.com para estréia exclusiva. Para assistir, visite o seguinte link:


'Biophagous' será lançado em 18 de agosto e está disponível para pré-venda no Bandcamp da banda e estará disponível em todos os principais varejistas online. Confira o link:


O EP será lançado com o seguinte tracklist:

1. DFL
2. Parasitic
3. Shepherd
4. The Hate Subsides

Conheça mais da banda pelo link:


TIDES OF KHARON: faixa-título do EP 'Coins Upon Our Eyes' está disponível para audição
Poucas coisas seguem juntas melhor do que o Death Metal Melódico e a mitologia antiga. O EP de estreia da banda de Edmonton no Canadá, TIDES OF KHARON, é a mais recente adição a este combo perfeito. Com o título 'Coins Upon Our Eyes', o debut vai de mãos dadas com o nome da banda, tirado da tradição do barqueiro no rio Styx, que transporta os mortos para o submundo, tirando as moedas nos olhos de um cadáver como forma de pagamento.

TIDES OF KHARON abraça completamente os temas da mitologia grega em suas músicas e seu primeiro EP é o ponto culminante de diversos contos diferentes do antigo panteão.

"O EP é o ponto culminante de vários anos de escrita e performance do material na tentativa de solidificar o que definiríamos como nosso som. Liricamente, a faixa do título 'Coins Upon Our Eyes' é uma discussão sobre o existencialismo dentro do cenário da mitologia grega, e a indiferença dos deuses que você conhece são reais. O resto das faixas se seguem com temas líricos envolvendo, o estupro de Medusa, a busca de Orfeu para trazer de volta a esposa morta e uma interminável batalha envolvendo os filhos do deus da guerra, Ares. O EP é apenas o começo com várias músicas já concluídas e sendo trabalhadas para o álbum completo."

Seu EP de estreia está pronto para ser lançado no dia 21 de julho e em parceria com o site NoCleanSinging.com, o quinteto está estreando a faixa-título. Para ouvir, visite o seguinte link:


Conheça mais da banda:


FELLPS ROCKER: confira capa e tracklist do primeiro álbum 

Após um longo período trabalhando nos arranjos das músicas e na produção, o cantor e compositor FELLS ROCKER revelou capa (foto por Guilherme Krol) e tracklist do álbum de estreia “Tudo que Havia de Bom em Mim se Foi”, que será lançado em parceria com a Island Music no próximo dia 24/07 (segunda-feira) e estará disponível nas principais plataformas digitais Spotify, iTunes, Deezer, Amazon, Google Play e Napster!

01. Rock ‘n’ Roll
02. Agora que eu me Vejo sem Você
03. Cupido
04. Quebrando minha Própria Prisão
05. Desde Quando você se Foi
06. Eu fui Comprar Cigarro
07. Velha Visita
08. Prefiro Ficar para Bolor
09. Tudo que Havia de Bom em mim se Foi
10. Pela mesma Porta
11. Minhas Lágrimas Secam esta Noite

Acompanhe Fellps Rocker no facebook
www.facebook.com/FellpsRockerOficial


WARFIELD DEATH: Confira a entrevista ao site Chama do Metal 
A banda sergipana de Death Metal WARFIELD DEATH foi destaque no site Chama do Metal, onde concedeu uma entrevista para o mesmo.
 Dentre outros assuntos, o grupo falou um pouco sobre sua história, formações, método de composição, influências, cena do Metal sergipano, atual álbum “Sucumbindo ao Medo”, projetos futuros e muito mais.
 Em paralelo, o WARFIELD DEATH divulgou recentemente que está com o bem recebido trabalho “Sucumbindo ao Medo” disponível nas principais plataformas digitais, confira: http://www.sanguefrioproducoes.com/n/919
 Todas as resenhas, entrevistas e matérias especiais sobre o WARFIELD DEATH pode ser conferida no clipping da banda disponibilizado pela Sangue Frio Produções: http://www.sanguefrioproducoes.com/upload/clipping/Warfield_Death.pdf
Atenção imprensa: Esta banda está com sua agenda aberta para entrevistas, interessados entrem em contato pelo e-mail contato@sanguefrioproducoes.com e solicite o press kit.


CORPSE OV CHRIST: Banda libera teaser com trechos inéditos do álbum "Whispering Dreams" 
O novo trabalho da banda paulista de Black Metal CORPSE OV CHRIST, está mais perto do seu lançamento do que imaginamos.
 Depois de ter sua capa divulgada, o grupo liberou mais informações sobre o vindouro álbum junto ao primeiro teaser. Intitulado "Whispering Dreams", este é o segundo trabalho de estúdio do CORPSE OV CHRIST e conterá cinco músicas inéditas, confira:
 Em paralelo, a banda iniciou o processo de fechamento de datas para shows em suporte ao full length supracitado. Produtores interessados em mais informações, escreva para contato@sanguefrioproducoes.com ou fall-762@hotmail.com e solicitar um orçamento.
 O disco está sendo gravado em São Paulo pela própria banda, a capa ficou a cargo do artista – e guitarrista/vocalista do grupo – Baal Beherith, enquanto seu lançamento contará com o suporte da SANGUE FRIO RECORDS para distribuição física e digital.
 Distros interessadas em participar deste lançamento de forma antecipada, escreva para sanguefriorecords@sanguefrioproducoes.com e saiba mais.

PANDEMMY: Banda é confirmada no “ForCaos 2017”! 
A banda pernambucana de Death/Thrash Metal PANDEMMY será uma das atrações do “ForCaos”, tradicional festival de música pesada que acontece em Fortaleza/CE. A edição de 2017 contará com 17 bandas e ocorrerá em quatro locais diferentes nas seguintes datas: 21, 23, 28 e 29 de julho.
 O PANDEMMY se apresentará no dia 29/07 no Anfiteatro Dragão do Mar. Além deles, os grupos Warbiff, Thrunda, Damm Youth e Siege Of Hate também estarão presentes neste dia. Esta é a segunda passagem do grupo na capital cearense, que retorna após quatro anos, quando na ocasião dividiu palco com os alemães do Tankard. Para todas as informações, bem como datas e lineups completos visite: https://www.facebook.com/ForCaosProducao/posts/1434130603299638
Link do respectivo evento no Facebook para mais informações: https://www.facebook.com/events/1426720917416238/
 Em paralelo, o PANDEMMY segue divulgando o atual trabalho “Rise Of A New Strike” e afirma que em breve estará lançando este material nas principais plataformas de streaming do mundo, junto ao antecessor “Reflections & Rebellions”. Mais informações acesse: http://www.sanguefrioproducoes.com/n/903
 Sites, blogs, rádios, revistas e zines interessados resenhar ou entrevistar o PANDEMMY escreva para contato@sanguefrioproducoes.com e solicite o press kit.


“Peyote”, álbum mais recente do HELLBENDERS, ganha versão em LP e fita cassete
A banda goiana Hellbenders anunciou nesta quinta-feira (20) a pré-venda do álbum “Peyote” em fita cassete e vinil na cor roxa. O segundo disco do grupo foi lançado originalmente em junho de 2016 em CD digipack e as novas versões do registro também têm o lançamento assinado pela a gravadora paulista Hearts Bleed Blue (HBB). O material chega às lojas sem alteração no projeto gráfico marcante desenvolvido pela dupla de ilustradores que atende sob o nome “Bicicleta Sem Freio”.

Segundo o vocalista Diogo Fleury, depois de um ano divulgando “Peyote”, a banda se diz feliz com a aceitação do álbum pelos fãs. “Por ser bem diferente do primeiro disco, houve o receio de que os fãs não digerissem esse novo momento da banda. Mas na prática o que ocorreu foi o contrário. No geral, saíram bem satisfeitos”, conta.

“Peyote” foi gravado, a convite de David Catching (Eagles Of Death Metal), no lendário estúdio Rancho de La Luna, em Joshua Tree, na Califórnia, por onde já passaram artistas como Foo Fighters, Queens Of The Stone Age, Iggy Pop, Kyuss, Fu Manchu e Mark Lanegan.

O Hellbenders acredita que este é um momento importante para o grupo. “Estamos num período entre discos e o lançamento desse vinil vai fechar o ciclo do nosso segundo disco e dar a largada para nossos próximos materiais”, explica o guitarrista Braz Torres. “Foi um processo de muitas conquistas e dificuldades e, vê-lo se materializando em forma de vinil é por si só uma grande vitória, completa Diogo.

Garanta a sua cópia do LP e K7 na pré-venda: www.hbbstore.com/tag?tag=Hellbenders
Ouça “Peyote” na íntegra: www.hbbrecords.com/peyote


PERPETUAL LEGACY: banda marca presença em importante festival.
O sexteto de Symphonic Metal Perpetual Legacy é uma das atrações confirmadas do "Brasília Capital Moto Week", tradicional evento da capital federal e que é considerado um dos 3 maiores eventos motociclísticos do mundo.

A banda se apresentará ao lado das bandas Darshan, Trampa e Scalene, no dia 29/07 no Palco Toma Rock, com previsão de início do set as 20:00 horas.

O evento acontecerá na Granja do Torto/Brasília com ingresso a partir de R$ 25,00.

Perpetual Legacy é: 

Michelle Rodovalho (Vocal) 
Rafael Lobo (Piano e teclado)
Bruno Henrique (Guitarra)
Márcio Oliver (Guitarra)  
Matheus Maia (Baixo) 
Gabriel Pedroso (Bateria)


"A New Symphony To Him" disponível nas seguintes mídias digitais:
Play Store: https://goo.gl/kWbL4p

Para compra do cd físico: http://www.metalsurviv or.net/


DON CAPONE: "Corpo Fechado" é o novo disco dos catarinenses
Após conquistarem o Sul do país com os discos "Oficina do Diabo" lançado em 2008 e o "Locomotiva" lançado em 2012, a Don Capone tinha anunciado que um novo trabalho chegaria em 2017 e foi nessa segunda-feira (17) que então o tão esperado "Corpo Fechado" tomou forma e foi divulgado em todas as redes sociais, sendo disponibilizado em Spotify, Youtube e Facebook.

O novo disco marca uma nova era que se inicia, com a nova formação, a Don Capone anunciava que "Corpo Fechado" seria talvez o disco mais pesado do grupo, com pitadas de outras vertentes do Rock e que mesmo sem desconfigurar a característica principal da banda, viria a ser algo mais moderno, ágil e com mais ferocidade. 

Para a comemoração do lançamento, foi divulgado também o lançamento ao vivo do mesmo, no próximo sábado (22) a banda tocará junto das bandas Elton Jones e Balthazar em um das mais tradicionais casas catarinenses de Rock, no Ventuno Pub em Urussanga/SC, cidade que fica a poucos quilômetros da terra natal da Don Capone (Orleans/SC).

Link do evento para maiores informações; 
Sobre a Don Capone
"O caldeirão é mesmo quente, mas o tinhoso não mora aqui. Infernais são as guitarras em carne viva, o vocal potente e o ritmo acelerado das canções, ganchudas e ardidas como um bom bourbon."

Foi assim que o jornalista catarinense Rubens Herbst definiu a sonoridade da Don Capone, o quinteto de Orleans, pequena cidade situada ao sul de Santa Catarina, encantou a imprensa especializada em Rock/Metal com o lançamento dos seus primeiros discos. A batalha não é de hoje, vem desde 2004 com a própria banda autogerindo a carreira, carregando dentro do seu isopor canções de flerte com o Rock, mesclando com o Blues e junto dessa mescla, mistura histórias que só uma madrugada ébria habitual nos trás.

Links Relacionados;


ALÍRIO NETTO: ator e cantor fecha parceria exclusiva com a EM&T

A partir de agosto de 2017, o vocalista Alírio Netto (Khallice, HeavyPop, ex-Age of Artemis) passa a dar aulas de canto na EM&T. Para reservar sua vaga e saber mais detalhes, ligue 11 5012-2777 ou venha até a EM&T: Av. Eng. George Corbisier, 100 – CEP 04345-000 – São Paulo/SP (a 50 metros da Estação Conceição do Metrô).
Alírio interpretou o papel de “Jesus” na produção oficial de “Jesus Cristo Superstar” na Cidade do Mexico (2000/2002) e em 2014 interpretou “Judas Iscariotes” na produção brasileira do mesmo espetáculo, pelo qual ele recebeu o prêmio de “Melhor Ator de Musical” do jornal O Estadão.
Como cantor de Rock, Alirio lançou o seu primeiro álbum “The Journey” com a banda Khallice no Brasil, Europa, Asia e nos EUA. Ele é também o vocalista da banda Age of Artemis. Em 2016 Alirio foi o protagonista “Galileo” no musical “We Will Rock You” sendo muito elogiado pelo público e pela crítica.
Alirio acaba de lançar o seu álbum solo “João de Deus”, disponível nas principais plataformas digitais como Spotify e Itunes. O vocalista também está em turnê com o show “Freddie Mercury Revisited” que teve sua estreia em NY, já passou por São Paulo, e segue para o Rio em setembro, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
Lembrando que todos os alunos matriculados e ativos têm direito a:
– Frequentar a EM&T todos os dias;
– Apostilas;
– Assistir as Master Classes;
– Participar dos Workshops;
– Utilizar as Salas de Estudo;
– Utilizar o estúdio para ensaio;
– Ter descontos nos serviços prestados por terceiros conveniados com a EM&T (Luthieria Edmar Luighi e Loja Made in Brazil);
– Kit respectivo de seu Instituto contendo camiseta, adesivos etc.
Mais informações:
http://www.alirionetto.com/


CJ RAMONE agendando nova turnê pela América Latina
CJ Ramone, ex-baixista dos Ramones, é um verdadeiro apaixonado pelo Brasil e seus ensandecidos fãs da América do Sul. Tal paixão se traduz na quantidade de bem-sucedidas turnês que o músico já realizou pelo país.

Mesmo realizando longa e importante turnê pela Europa, o ex-integrante da histórica banda americana de punk já está pensando em promovendo o seu terceiro álbum de inéditas “American Beauty” do outro lado do Atlântico.

Como já era de se prever, a produtora CP Management novamente está agendando mais uma nova série de apresentações para CJ Ramone. Os shows devem acontecer entre 8 e 26 de novembro. Desta vez, o artista considerado um dos mais carismáticos da música mundial quer levar a sua nova apresentação para diversas cidades brasileiras e estrear em outros países.

Nesta nova passagem, CJ Ramone, Steve Soto (guitarra – Adolescents), Dan Root (guitarra – Adolescents) e Pete Soda (bateria) novamente devem emocionar os fãs brasileiros com setlist composto pelas excelentes composições dos álbuns “Reconquista”, “Last Chance to Dance” e “American Beauty”, além de diversos clássicos dos Ramones.

Além disso, o renomado Jiro Okabe (baixo/vocal) foi confirmado como special guest durante toda a excursão. Acompanhado de Timothy Jimenez (bateria) e Alex Kane (guitarra), ele vai aproveitar a oportunidade para lançar oficialmente o novo álbum “My Revolution”.

Christopher Joseph Ward foi escolhido para substituir Dee Dee, o lendário baixista dos Ramones, em 1989, e ficou até o fim da banda em 1996. Com o grupo, e já usando nome de CJ Ramone, lançou os álbuns Loco Live (1991), Mondo Bizarro (1992), Acid Eaters (1994) e Adios Amigos (1995). Depois disso, o artista montou outros projetos como o Los Gusanos e Bad Chopper, e inclusive chegou a receber um convite para tocar no Metallica, mas recusou a oferta para cuidar do filho, que havia sido diagnosticado com autismo.

Promotores interessados em contratar o espetáculo devem entrar contato através dos e-mails contato@cacapratesmanagement.com.br, runawayrec@hotmail.com, cacaprates@live.com ou pelos telefones ID 55*11*43758, +55 (11) 98149.9987 (Whatsapp) e +55 (11) 99557.8358 (Whatsapp).

Links relacionados:
https://www.facebook.com/OfficialCjRamone
https://www.facebook.com/4Jiro
https://www.facebook.com/cacapratesmanagement
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR


GRANDE ROYALE divulga nova faixa na DECIBEL MAGAZINE

Os rockers suecos da GRANDE ROYALE juntaram-se com a Decibel Magazine para transmitir "R'N'R Business", uma nova faixa de seu próximo álbum produzido por Nicke Andersson, intitulado “Breaking News”.

Transmita a faixa aqui:


Pré-encomenda de “Breaking News” aqui:



DIKTATUR publica vídeo para "Revanche"
Os franceses do DIKTATUR publicaram um vídeo para a faixa "Revanche". Com filmagens de estúdio, a música foi retirada de "La Voie Du Sang", que deverá ser relançado em 15 de agosto de 2017 via Melancholia Records.

Originalmente lançado em 2010, a banda já teve seu segundo álbum finalizado no momento em que "La Voie Du Sang" estava no mercado, então eles voltaram sua atenção para a nova gravação. O álbum ficou esquecido, nunca foi promovido e o segundo disco da Diktatur nunca foi lançado devido a uma ruptura na formação da banda.

Agora, sete anos depois, a banda está pronta para mostrar o seu trabalho às massas: eles criaram novas obras, mudaram a ordem da lista de faixas, remasterizaram todas as composições e incluíram duas faixas exclusivas do mesmo álbum que nunca viram a luz do dia.

Você pode assistir ao vídeo para "Revanche" neste local:

"La Voie Du Sang" está disponível para pré-encomendas neste local:


SINICLE divulga data de lançamento e divulga novo vídeo
O SINICLE lançará o novo álbum “Angels & Demons” em 22 de setembro. A banda combina o groove do Heavy Metal, a angústia do Rock e a alma dos Blues, colocando-os em um mundo próprio. A banda acaba de lançar o vídeo oficial para o primeiro single "Baltimore". Confira em:


Encomendar o disco “Angels & Demons”:


Mais informações:


DYSCARNATE divulga data de lançamento
O Dyscarnate anunciou que seu novo disco, 'With All Their Might', será lançado no dia 15 de setembro via Unique Leader. A arte do trabalho ficou por conta de Valnoir da Metastazis e o tracklista traz as seguintes músicas:

1. Of Mice And Mountains
2. This Is Fire!
3. Iron Strengthens Iron
4. Traitors In The Palace
5. To End All Flesh Before Me
6. Backbreaker
7. All The Devils Are Here
8. Nothing Seems Right

Mais informações:


IN SNAKES I BATHE: novo EP pode ser encomendado
A banda In Snakes I Bathe começou a divulgar seu novo EP e iniciou os pré-pedidos para "In Snakes I Bathe", que será lançado em 11 de agosto de 2017.

In Snakes I Bathe é um projeto ‘one-man-band’ de Death Metal / Grindcore da Escócia.

Agora, você pode ouvir duas faixas disponíveis em seu bandcamp:

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Shinigami Records